Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Grade de Programação

Domingo, 24 de Novembro

ABERTURA DA EMISSORA

A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

10
VAMOS PEDALAR IV

VAMOS PEDALAR IV - 17

EP 17 - Neste programa vamos conhecer Eduardo, que trabalha em um banco e apresenta a primeira linha de crédito específica para quem quer comprar bikes elétricas. A Aliança Bike mostra uma pesquisa sobre a tendência no mercado de bicicletas elétricas no Brasil. Um bate papo com a atleta de Mountain Bike, Babi Jechow, que conta sobre suas experiências e sua vida em relação à bicicleta. E para fechar o programa, Juli Hirata, bióloga e ciclista, conta sobre o Projeto Extremos das Américas.
Conheça o Programa
livre
SAUDE BRASIL

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

A violência contra a mulher está cada vez mais presente no nosso meio. Ela pode e acontece de diversas formas na sociedade atual. Neste educativo, vamos conhecer um pouco mais sobre a importância de identificar os sinais do problema, o que fazer para combate-lo e, assim, ajudar a transformar a nossa sociedade em um ambiente mais seguro para as mulheres.
Conheça o Programa
livre
VIOLA, MINHA VIOLA 2018

RODAS DE VIOLA - 01 (VIOLA 2018)

Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca as rodas de viola que passaram pelo programa. Os convidados foram:Marcos Violeiro e Cleiton Torres,Juliana Andrade e Jucimara, Neymar Dias, Adriana Farias, Inezita Barosso, Roberto Correa, Badia Medeiros, Irmãs Barbosa, Joãozinho, Arnaldo, Mococa e Paraíso, Zé Garoto, Levi Ramiro, Bárbara Viola e Sandra Reis, Michele e Karoline.
Conheça o Programa
livre
MISSA DE APARECIDA - MISSA DE APARECIDA - BLOCO ÚNICO.
livre
SR. BRASIL

SR. BRASIL 561

Conheça o Programa
livre
AGROCULTURA

AGROCULTURA - 30

VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: O PROTAGONISMO DAS MULHERES NO CAMPO. PRESENÇA FEMININA GANHA FORÇA E DOMINA CADA VEZ MAIS O COMANDO DE FAZENDAS PELO BRASIL. UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESPIRITO SANTO, QUE FICA NAS MONTANHAS CAPIXADAS, É CONSIDERADA A CAPITAL DO AGROTURISMO NO BRASIL.
Conheça o Programa
livre
PRELÚDIO

PRELÚDIO 2019 - BASTIDORES

Conheça o Programa
livre
PRELÚDIO

PRELÚDIO 2019 - FINAL

Conheça o Programa
livre
BRASIL TOCA - CHORO

BRASIL TOCA - CHORO - 04 - VIOLÕES

Com o tema Violões, este programa destaca composições de nomes como Garoto, João Pernambuco e Dilermando Reis, entre outros
Conheça o Programa
livre
JAZZ SINFÔNICA BRASIL

JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM07 - TEMPORADA 1 - JAZZ & DIVAS: UMA HOMENAGEM À ELZA SOARES

Conheça o Programa
livre
NELLA, UMA PRINCESA CORAJOSA

NELLA, UMA PRINCESA CORAJOSA - 20

DEIXE NEVAR Nella procura por um cristal mágico para fazer nevar no “Festival de Neve” anual. VAI, FLORES-DE-DRAGÃO! VAI! Nella e seus amigos precisam jogar como uma equipe para ganhar o torneio de calicebol de Castelo Seguro.
Conheça o Programa
livre
BUBU E AS CORUJINHAS

ZUM ZUM ZUM!

Bubu, Biel e Bonie estão na praia imitando o voo de outras aves e decidem brincar de voar como as abelhas. Eles saem à procura das abelhinhas para descobrir mais sobre elas e por que voam de flor em flor. No Jardim das Flores, encontram uma abelha campeira e a seguem, notando que ela leva o pólen de uma flor a outra, além de colher o néctar. As corujinhas fazem algumas perguntas à abelha, e acabam falando ao mesmo tempo. A abelhinha explica que se continuarem falando ao mesmo tempo, ninguém vai se entender. Depois, responde que é na colmeia onde as abelhas operárias transformam o néctar em mel. Todos voam até a colmeia e a abelha presenteia o trio com favos de mel. No ninho, as corujinhas entregam um favo para o Papai e outro para a Mamãe, e explicam tudo o que as abelhas fazem. O trio aprende novamente que quando alguém está falando, devemos esperar a nossa vez de falar. Mamãe Coruja canta a canção “Hora de Dormir”.
Conheça o Programa
livre
GALINHA PINTADINHA MINI

GALINHA PINTADINHA MINI - OBSERVANDO PASSARINHOS - 04

Observando Passarinhos / Ovo Surpresa (Tartaruga) / Naftalinas Submarinas / Baú Biruta (Guitarra) / Hora da Música (Borboletinha) Observando Passarinhos A Galinha Pintadinha observa vários passarinhos, até que ela descobre os que ela mais gosta de olhar. Naftalinas Submarinas A Baratinha levará a Banda "Naftalinas" para uma aula de canto, o que eles não sabem é que a professora mora no fundo do mar.
Conheça o Programa
livre
PEPPA PIG I

CASAS E CASTELOS/O ANIVERSÁRIO DO GEORGE/ A BRIGA

CASAS E CASTELOS Peppa e George estão brincando em sua casa na árvore. Os amigos de Peppa vêm para brincar, mas Peppa decide que apenas as meninas podem entrar na casa da árvore. Então, Vovô Pig constrói para os meninos o seu prórprio castelo. As meninas querem ficar na sua casa na árvore e os meninos querem ficar no seu castelo. Mas quando começa a chover e o jardim está coberto de poças de lama eles mudam de ideia e saem correndo para brincarem juntos. Afinal, todo mundo adora saltar para cima e para baixo em poças de lama! O ANIVERSÁRIO DO GEORGE Hoje é o aniversário de George e Mamãe e Papai Pig Pig tem um dia especial planejado. George ganha um novo dinossauro e a família vai ao museu para ver vários dinossauros de diferentes, incluindo um dinossauro robô! O dia especial termina com um grande bolo e todos os amigos de Peppa e George se divertindo juntos. A BRIGA Peppa e Suzy Carneiro são melhores amigas. Mas um dia elas têm uma briga, durante um jogo de cartas e decidem que elas não são mais melhores amigas. O tempo passa e elas realmente sentem falta uma da outra, mas elas ainda se recusam a fazer as pazes. Quando elas finalmente dizem desculpa uma a outra, elas percebem que serão sempre as melhores amigas.
Conheça o Programa
livre
BORIS E RUFUS

BORIS, O SEM TALENTO

BORIS DESCOBRE QUE NÃO POSSUI NENHUM TALENTO E ACABA FAZENDO UM PACTO COM O GRANDE FAUSTO, QUE LEVA O CACHORRO PARA O SEU MUNDO DE TORMENTOS. O QUE RUFUS PODE FAZER PARA SALVAR O AMIGO?
Conheça o Programa
livre
TURMA DA MÔNICA

A MINHOCA ENCANTADA

Mônica encontra uma minhoca falante que diz ser um príncipe encantado. Ele só voltará ao normal com um beijo beeem romântico! Claro que a Mônica quer muito virar princesa, mas... ai, que nojo!
Conheça o Programa
livre
TURMA DA MÔNICA

A NOVA BABÁ

Enquanto os pais do Cebolinha saem, Xabéu – a irmã mais velha do Xaveco – vai tomar conta dele. Mas o Cascão também está por lá e não é que os dois se “apaixonam” por ela? Ah, esses meninos, viu? Quem vai conquistar o coração da jovem Xabeuzinha? Cascão ou Cebolinha?
Conheça o Programa
livre
CASAKADABRA

01 - A CHEGADA

DANTE E CLARICE SE PERDEM NO CAMINHO DE VOLTA PARA CASA, POIS QUISERAM ENCONTRAR UM ATALHO. ELES ENCONTRAM UMA CASA MÁGICA QUE SÓ É POSSÍVEL ENTRAR COM O PODER DA IMAGINAÇÃO. LÁ IRÃO VIVER DIVERSAS AVENTURAS E ENCONTRAR SOLUÇÕES PARA SEUS DRAMAS QUOTIDIANOS.
Conheça o Programa
livre
REPORTER ECO

REPÓRTER ECO 1309

HOJE NO REPÓRTER ECO, CONHEÇA O COLETIVO FEMININO QUE RESGATA A TRADIÇÃO DA RENDA RENASCENÇA E DOS CANTOS DE TRABALHO. VOCÊ ACOMPANHA TAMBÉM O PROGRAMA DE MONITORAMENTO NA COSTA BRASILEIRA DO MAIOR MAMÍFERO AQUÁTICO. E AINDA, UM ARTISTA FAZ UMA INTERVENÇÃO URBANA EM DEFESA DO VERDE. GUTO LACAZ PINTA CANTEIROS VIRTUAIS PARA PEDIR QUE AS ÁRVORES DA CAPITAL PAULISTA TENHAM ESPAÇO PARA CRESCER. BALEIAS DA ESPÉCIE FRANCA AUSTRAL E FILHOTES SÃO AVISTADOS NA LITORAL SUL DE SANTA CATARINA. E, EM CARAPICUÍBA, NA GRANDE SÃO PAULO, MULHERES FAZEM RENDAS CARREGADAS DE HISTÓRIA E CULTURA.
Conheça o Programa
n
A AUSTRÁLIA MORTAL

FLORESTAS

Os galhos emaranhados e a vegetação sombria das florestas da Austrália fornecem os esconderijos e sombras perfeitos para ficar à espera. Covis secretos para lançar uma emboscada letal, um paraíso de predadores. Esses são os casos dos notórios matadores de florestas da Austrália.
Conheça o Programa
livre
MATÉRIA DE CAPA

MATÉRIA DE CAPA 341 - MISSÃO ÁRTICO

A MAIOR EXPEDIÇÃO CIENTÍFICA PARA ESTUDO DO ÁRTICO CENTRAL JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO. DURANTE UM ANO, CENTENAS DE CIENTISTAS VÃO SE REVEZAR À BORDO DO NAVIO ALEMÃO POLARSTERN, PARA DESCOBRIR ATÉ QUE PONTO AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS ESTÃO TRANSFORMANDO O TOPO DO PLANETA E PROVOCANDO ALTERAÇÕES QUE VÃO AFETAR A POPULAÇÃO DE TODO O GLOBO. PARA REALIZAR ESTA TAREFA, OS CIENTISTAS VÃO ENFRENTAR INÚMEROS DESAFIOS, QUE VÃO DO CLIMA, À POLÍTICA E ATÉ OS URSOS. NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA VOCÊ VAI VER AINDA QUAIS FORAM OS PRIMEIROS EXPLORADORES A CHEGAR AOS POLOS E AS POLÊMICAS ENVOLVENDO AS CONQUISTAS.
Conheça o Programa
livre
POR QUE ODIAMOS?

POR QUE ODIAMOS? - 06 - ESPERANÇA

Como podemos resistir a sucumbir aos nossos piores impulsos e despertar os nossos anjos? O neurocientista Emile Bruneau explora como podemos usar a nossa capacidade de pensamento crítico, plasticidade cerebral e estratégias como educação e cooperação para ajudar a combater o ódio.
12
SUPERLIGA BRASILEIRA DE VOLEIBOL

MASC. - SESI-SP X VÔLEI UM ITAPETININGA (24/11)

12
CAFÉ FILOSÓFICO 2018

VIOLÊNCIA E DROGAS: O RETRATO DA DESESPERANÇA

Série: Adolescência em cartaz Palestrantes/curadoria: Diana Corso e Mario Corso – psicanalistas (CF 20,21 22) Os autores de Adolescência em cartaz: psicanálise e filmes para entendê-la recorrem ao cinema para lançar um olhar psicanalítico sobre a adolescência. Época de colocar a família em cheque, de amizades e amores intensos, de uma relação de fascínio e horror com o espelho, tempo de bravatas, riscos e de inquietudes para seus adultos. Esta série apresenta dá ênfase ao que tira o sono dos mais velhos. CF 22 – Violência e drogas: O retrato da desesperança Adolescência é um período intenso, de descobertas, de paixões, de testar limites, de questionar regras... de um certo fascínio pela transgressão. Mas quando este fascínio é levado ao extremo, surge o lado B da adolescência: o da violência, das drogas e até da delinquência. Época em que os jovens se reúnem em turmas... às vezes, gangues. O que acontece neste período que pode levar os jovens a comportamentos violentos e transgressivos, mesmo sem causas aparentes? E o que eles estão querendo dizer com estes atos? Este lado escuro da adolescência está em diversos filmes, tais como: Laranja Mecânica, Cidade de Deus, Sonhos Roubados, Transpotting... Porque a adolescência é retratada no mais trágico dos quadros esperados?
Conheça o Programa
14
METROPOLIS

METRÓPOLIS 2019 - DOMINGO 393 - 24/11/2019

AS PALAVRAS MUDANDO A PAISAGEM DE SÃO PAULO: TEM POESIA DO ARNALDO ANTUNES PINTADA NUM PREDIO NO CENTRO. NOVOS BAIANOS : O MUSICAL QUE CANTA HISTORIA DE UM GRUPO QUE REVOLUCIONOU A MÚSICA BRASILEIRA. AS ESCULTURAS IMPACTANTES DA JAPONESA CHIHARO SHIOTA. E AS CORES E O MOVIMENTO DAS OBRAS DO FRANCO-VENEZUELANO CRUZ DIEZ. E TEM TEATRO COM RENATO BORGHI NUM TEXTO QUE REFLETE SOBRE O AUTORITARISMO.
Conheça o Programa
livre
RETRATOS DE FÉ

RETRATOS DE FÉ - 16 - CANDOMBLÉ - TEMP I

Em Salvador, Bahia, “Retratos de Fé” visita o terreiro do Gantois, fundado em 1849, onde Mãe Ângela destaca a trajetória do Candomblé e explica costumes e tradições da religião secular. Em Olinda, Pernambuco, um Oxaguian de 17 anos, descreve seu dia-a-dia no candomblé, apresenta o terreiro e faz uma apresentação de afoxé. Em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, um praticante conta o que mudou na sua vida depois que fez santo em uma comunidade de terreiro.
Conheça o Programa
livre
#PROVOCAÇÕES

#PROVOCAÇÕES - 28 - ALE SANTOS

O programa #Provocações, comandado por Marcelo Tas, recebe Ale Santos. Conhecido como o "negro drama do storytelling", ele é autor de Rastros de Resistência - Histórias de luta e liberdade do povo negro. No programa, o apresentador conversa com o escritor sobre os reflexos da escravidão no Brasil, racismo, representatividade e muito mais.
Conheça o Programa
10
PROGRAMA OPINIÃO NACIONAL

PROGRAMA OPINIÃO NACIONAL - CONSCIÊNCIA NEGRA

O BRASIL É UM PAÍS RACISTA? POR QUE, EM PLENO SÉCULO 21, O TRABALHO DOMÉSTICO AINDA É UMA DAS PRINCIPAIS OCUPAÇÕES ENTRE AS MULHERES NEGRAS? A GENTE CONVERSA COM A RAPPER E HISTORIADORA PRETA RARA E TAMBÉM COM O JURISTA E FILÓSOFO SILVIO ALMEIDA. VAMOS FALAR SOBRE A IDENTIDADE NEGRA E O RACISMO NA SOCIEDADE BRASILEIRA.
Conheça o Programa
livre
FIGURAS DA DANÇA 2010

ANGEL VIANNA

Angel Vianna, um dos nomes mais importantes na pesquisa do movimento no Brasil, comecou a dancar em Belo Horizonte, com Carlos Leite. O casamento com Klauss Vianna, em 1955, trouxe uma longa e rica parceria na vida e na danca. Fundaram a primeira escola juntos em Belo Horizonte onde já aplicavam a multidisciplinaridade e comecaram a pesquisar o movimento. Na década de 1960, mudam-se para o Rio de Janeiro onde se aproximam do teatro fazendo preparacão corporal para atores. Angel influenciou toda uma geracão com seu conhecimento sobre o corpo. Hoje, além de ministrar aulas e palestras, tem uma faculdade que leva seu nome, no Rio de Janeiro.
Conheça o Programa
livre
SALA DE CINEMA

A VIDA PRIVADA DOS HIPOPÓTAMOS

Um técnico de informática americano e entediado se muda para a Colômbia para conhecer os hipopótamos que Pablo Escobar deixou de legado. Lá ele conhece uma bela mulher, filha de um japonês, e uma colombiana, por quem se apaixona profundamente. Os dois começam um relacionamento diferente de tudo que já viveram, mas ele lida com uma pessoa repleta de contradições. O que seria facilmente a trama de um filme de ficção é a história de Christopher Kirk, preso em 2009 no Brasil por tráfico internacional de drogas. Uma história que ele conta obsessivamente e que pode ter a ver, ou não, com sua prisão.
Conheça o Programa
12
RESPLENDOR

12
DOC TV II

REIS NEGROS (MG)

Desde a época do lendário Chico Rei, um dos primeiros negros a desfilar como rei, de coroa e cortejo, pelas ruas de uma cidade brasileira (Ouro Preto), o Congado vem se afirmando como uma das mais firmes tradições populares de Minas Gerais, e uma das principais manifestações da cultura negra (de raiz banto) no estado. Constituída por um complexo conjunto de práticas e saberes, a tradição do Congado vem sendo transmitida de forma oral, visual e corporal, de geração a geração, desde a remota África.Antes de cruzarem o Atlântico, muitos africanos já eram “do Rosário”. O sincretismo que funda o Congado, em que o arquétipo central figura-se como uma Nossa Senhora do Rosário de estreita relação com as batidas dos tambores, estabeleceu-se na África, no contato das várias etnias e nações com o cristianismo europeu. Sob a devoção à Senhora do Rosário, seguiu-se a tradição da coroa: se na África reis eram escravizados, no Brasil escravos seriam coroados. O termo Congado abrange diferentes identidades-nações - Candombe, Congo, Moçambique, Marujos, Caboclos, Catopés, Vilões -, cada uma representada por vários grupos (chamados Guardas, Ternos ou Cortes), espalhados por Minas Gerais e outros estados brasileiros. Unidos pela fé à Nossa Senhora do Rosário, nas festas dedicadas a ela (a maioria no 2o semestre), grupos de todas as nações se encontram e cada um apresenta-se na sua batida própria, no seu canto, sua dança e sua roupa característicos, atrás da bandeira do santo de que são devotos (depois da Senhora do Rosário, prevalecem São Benedito, Santa Efigênia, São Jorge, São Sebastião, Senhora das Mercês e Divino Espírito Santo). Dentre os mais de 3 mil grupos de congado em Minas, são poucos o que têm o Reinado “de tradição”, profundamente religioso, que traz em seus “tronos coroados” Reis e Rainhas perpétuos que representam santos na terra (além de “reis de promessa” e “reis de ano”). Normalmente, esses Reinados pertencem às nações africanas (Congo, Moçambique e Candombe), o que indica a sua origem na coroação dos reis negros à época da escravatura.
Conheça o Programa
livre
TRAJETÓRIAS

CAÇULINHA

O nome foi herdado quando se apresentava no lugar do tio, parceiro de seu pai na dupla Caçula e Mariano, nas andanças pelo interior. Multi-instrumentista e compositor, trabalhou com os grandes nomes da música brasileira, desde Teixeirinha e Luiz Gonzaga, até João Gilberto e os grandes nomes na fase áurea dos festivais de música. Ficou muito conhecido pelos jingles que criava no programa “Domingão do Faustão” da Rede Globo. Entrevistadores: Nelson Guarniero, Vilmar Bittencourt e Waldemar Jorge
livre