Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Grade de Programação

Domingo, 02 de Junho

ABERTURA DA EMISSORA

A VELHA HISTÓRIA DO MEU AMIGO NOVO

PIETRO VISITA QUADRIGÊMEOS BRANDENBURG

OS QUADRIGÊMEOS BRANDENBURG RECEBEM PIETRO NA FAZENDA ONDE VIVEM.
livre
A VELHA HISTÓRIA DO MEU AMIGO NOVO

QUADRIGÊMEOS BRANDENBURG VISITAM BRUNO

OS QUADRIGÊMEOS VISITAM BRUNO, UM GAROTO GUARANI QUE VIVE EM ALDEIA INDÍGENA.
livre
VIVER NATURAL

VIVER NATURAL 10 - TERAPIA PRÂNICA - 1

HOJE VAMOS FALAR SOBRE TERAPIA PRÂNICA, UMA CIÊNCIA E ARTE DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA QUE UTILIZA AS MÃOS SEM TOCAR NO CORPO FÍSICO DO PACIENTE.O TERAPEUTA PROJETA A ENERGIA EM ALGUNS PONTOS PRINCIPAIS DA ACUPUNTURA, ONDE ESTÃO OS NOSSOS CENTROS DE ENERGIA, OS CHAMADOS CHAKRAS, E TAMBÉM NOS PONTOS SEMI-PRINCIPAIS, CHAMADOS DE CHAKRAS MENORES.
Conheça o Programa
livre
AGROCULTURA

AGROCULTURA - 05

VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: TECNOLOGIA DE BAIXO CUSTO LEVA ÁGUA POTÁVEL A REGIÃO DO SEMINÁRIO PARAIBANO CASTIGADA PELA SECA.// E COLHEITA DO CAFÉ MOVIMENTA LAVOURAS NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO .//
Conheça o Programa
livre
VAMOS PEDALAR IV

VAMOS PEDALAR IV - 09

09 – Vanessa Casarotto e Gastón Painone falam sobre a loja Draisiana. Marcos Ribeiro fala sobre a bicicleta System Six. Júlio Oliveira e Valdir Santos falam sobre a Livre. Edu 7 fala sobre a modalidade Flatland na BMX. Lucas Di Grassi fala sobre a bicicleta elétrica EDG Niobium Superlight.
Conheça o Programa
livre
SAUDE BRASIL

HIDROCELE E VARICOCELE

A saúde dos testículos merece atenção e cuidados em todas as fases da vida. Neste educativo vamos conhecer um pouco mais sobre duas doenças que acometem os testículos: a HIDROCELE e a VARICOCELE. Hidrocele: é um acúmulo de liquido que se forma ao redor do testículo, causando assim o crescimento do saco. Não causa dor e sua principal causa é idiopática. Varicocele: é a dilatação das veias presentes dentro do escroto, a bolsa de pele solta abaixo do pênis que detém os testículos. Condição também conhecida como varizes do testículo ou varizes do escroto. É um problema comum nos homens e está, muitas vezes, associada à infertilidade.
Conheça o Programa
10
MISSA DE APARECIDA - MISSA DE APARECIDA - BLOCO ÚNICO.
10
VIOLA, MINHA VIOLA 2018

INEZITA FOLCLÓRICA (VIOLA 2018)

Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca o folclore do Brasil. e mostra o lado de pesquisadora, divulgadora e defensora desta cultura. Participam do programa os seguintes artistas: Inezita Barroso, Antonio Borba, Conjunto Cheiro da Terra, Conjunto Brasil Caboclo,Bando Flor do Mato, Abadá Capoeira, Roberto Correa,Oswaldinho do Acordeon, Orquestra Fervorosa.
Conheça o Programa
livre
SR. BRASIL

SR. BRASIL 536

Conheça o Programa
livre
CULTURA, O MUSICAL

CULTURA, O MUSICAL - 2ª SEMIFINAL

Conheça o Programa
livre
BRASIL TOCA - CHORO

BRASIL TOCA - CHORO - 05 - ACORDEON

Com o tema Acordeon, este programa homenageia os compositores Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Sivuca
Conheça o Programa
livre
JAZZ SINFÔNICA BRASIL

JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM05 - TEMPORADA 1 - AUDITÓRIO IBIRAPUERA

Conheça o Programa
livre
NELLA, UMA PRINCESA CORAJOSA

NELLA, UMA PRINCESA CORAJOSA - 22

A BUSCA POR INSÍGNIAS DO SIR BLAINE: Enquanto acampa com os mochileiros da cavalaria, Blaine percorre distâncias extremas para ganhar sua primeira insígnia. TRINKET E OS CÁLICES ESPECIAIS: Nella finalmente reúne dois grupos de dragões desentendidos, mas Trinket acidentalmente retoma suas rivalidades.
Conheça o Programa
livre
GALINHA PINTADINHA MINI

UM PASSEIO DE CORES - 05

Um Passeio de Cores / Ovo Surpresa (Estrela) / O Telecoteco Telegráfico / AEIOU (Letra E) / PinturaMágica (Galinha Pintadinha 2) Um Passeio de Cores Em um dia ensolarado a Galinha Pintadinha e sua família vão passear na montanha, e o Pintinho Amarelinho sai em busca de algo que chame sua atenção, porém nada o agrada. Até que ele encontra um cogumelo supercolorido e a Borboletinha usa sua mágica para ensinar as cores. O Telecoteco Telegráfico Duas simpáticas caveirinhas se encontram para uma conversa muito animada.
Conheça o Programa
livre
BUBU E AS CORUJINHAS

UM MISTÉRIO NA FLORESTA

Bubu e Bonie estão empilhando pedras com o esquilinho para conseguir alcançar a pilha ainda maior do Biel, que foi buscar mais pedras pela floresta. Ele volta dizendo que fez uma descoberta misteriosa: viu uma grande árvore com olhos de coruja. Biel começa a contar a história de forma exagerada para uma plateia de animais e decide levá-los para ver a árvore. Chegando lá, descobrem que a árvore não era tão grande assim, mas que realmente possui olhos. O esquilinho sugere que aqueles olhos são de uma coruja, e a raposinha supõe que a coruja deve estar dentro da toca, por isso só aparecem os olhos, e, assim, todos os animais se decepcionam. Então, quando menos esperam, os olhos da árvore saem voando e todos descobrem que, na verdade, os olhos eram uma borboleta-coruja. Ela conta para os animais que faz mimetismo e explica o que é isso. Voltando ao ninho, Papai Coruja explica mais sobre o mimetismo, e a Mamãe Coruja ensina que o Biel não precisava ter exagerado ao contar o que não viu, pois a verdade já era tão misteriosa e fantástica. Por fim, Mamãe canta a música “Esconde-esconde”.
Conheça o Programa
livre
COCORICÓ III

COCORICO III - 32 - MONSTROS DE BRINQUEDO - MEDO DE MONSTRO

HISTORIA CENTRAL: MEDO DE MONSTRO
Conheça o Programa
livre
TURMA DA MÔNICA

O FINAL INFALÍVEL DE UM PLANO INFALÍVEL

O Cebolinha rabisca, em um grande pedaço de papel, seu próximo plano infalível para derrotar a Mônica. Mas ela aparece de repente! E agora? Ela não pode saber sobre o plano! Muita bagunça, enquanto o Cebolinha inventa mil truques para proteger seu segredo.
Conheça o Programa
livre
VIVI VIRAVENTO

VIVI VIRAVENTO - 16

Neste episódio, Mochilão se perde durante um passeio e deixa Vivi desesperada. Com medo de perdê-lo para sempre, Vivi e Lanterninha procuram por todos os lugares e contam com a ajuda de diversos animais das ilhas.
Conheça o Programa
livre
BOBOLÂNDIA MONSTROLÂNDIA

BATALHA DE RAP

Otto fica muito animado ao escutar rap na televisão. Fica brincando e treinando cantar rap, junto com seu amigo Lobi. Quando chegam na escola descobrem que vai haver uma "Batalha de Rap" e ficam muito empolgados. A batalha começa em Monstrolândia e todos adoram a performance de Otto, mas quando o mundo se transforma em Bobolândia, Otto se atrapalha todo e precisa correr atrás do prejuízo.
Conheça o Programa
livre
PLANETORAMA

VENTUNO

O planeta visitado agora se chama Ventuno. O lugar onde o vento faz a curva. E o objetivo aqui é capturar um tipo de vento para refrigerar um equipamento da nave. Os habitantes desse planeta vivem andando com um fio amarrado, bem como as construções e outros elementos da cidade. Para completar a missão, eles dão um jeito de capturar o vento, levar até a nave, mas isso causa um grande transtorno para os habitantes, então eles têm que arrumar outro jeito de realizar a tarefa, de maneira que não prejudique toda a população.
Conheça o Programa
livre
BORIS E RUFUS

PERDENDO AS ESTRIBEIRAS

RUFUS COMPRA UM NOVO JOGO DE VIDEO-GAME MAS NÃO CONSEGUE VENCER BORIS. UM PROGRAMA DE REABILITAÇÃO PARA MAU-PERDEDORES PARECE SER A MELHOR SOLUÇÃO.
Conheça o Programa
livre
O MILAGRE DOS ÓRFÃOS NA NATUREZA

02 - O MILAGRE DOS ÓRFÃOS NA NATUREZA

ELLIE HARRISON E MAX HUG WILLIAMS CONTINUAM SEGUINDO AS HISTÓRIAS DE FILHOTES ÓRFÃOS EM LADOS OPOSTOS DO PLANETA. NA AUSTRÁLIA, ELLIE CONHECE STACY O BEBÊ WOMBAT COM UMA GRANDE PERSONALIDADE. A CUIDADORA SUE CUIDA DELA NA CASA DA FAMÍLIA, MAS STACY É TEIMOSA. E EM UM CENTRO DE RESGATE DE VIDA SELVAGEM NA COSTA RICA, NOVATA, A PREGUIÇA DE 3 DEDOS, CONTINUA A BATALHA CONTRA A PNEUMONIA E SUA REABILITAÇÃO, E UM TAMANDUÁ DESCONTRAÍDO PRECISA APRENDER O JEITO DE LIDAR COM FORMIGAS DA SELVA. TODOS ELES ESTÃO EM UMA JORNADA DESAFIADORA DE VOLTA À NATUREZA, ONDE ELES PERTENCEM.
Conheça o Programa
livre
REPORTER ECO

REPÓRTER ECO 1284

NO REPÓRTER ECO DE HOJE VOCÊ ACOMPANHA UMA VIAGEM DA NOSSA EQUIPE AO INTERIOR DO PIAUÍ PARA REGISTRAR A BELEZA DO PARQUE NACIONAL SERRA DA CAPIVARA - O MAIOR DO MUNDO EM PINTURAS RUPESTRES FEITAS POR HOMENS PRÉ HISTÓRICOS. NO ENTORNO DO PARQUE, TEM TAMBÉM UMA VISITA AO MUSEU DA NATUREZA. E AINDA , UMA JOVEM ESTUDANTE INVENTA UM CANUDO FEITO À BASE DE INHAME. MARIA PENACHIN CRIOU UM PRODUTO BIODEGRADÁVEL E MALEÁVEL PARA SER UMA ALTERNATIVA AO CANUDO PLÁSTICO. EM MEIO À CAATINGA, ESTE PARQUE É CONSIDERADO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE. ELE ABRIGA MAIS DE MIL E TREZENTOS SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS. E, UM DOS MUSEUS MAIS MODERNOS CONTA A HISTÓRIA DA VIDA NA TERRA , A PARTIR DAS GRANDES MUDANÇAS CLIMÁTICAS.
Conheça o Programa
n
TUBARÃO

TUBARÃO - 02

Os tubarões são mais do que apenas caçadores. Só agora são descobertas revelando um lado oculto de seu caráter. Eles têm uma intrincada vida social, rituais de cortejo complexos, maneiras surpreendentes de trazer à tona seus jovens e extraordinários poderes de navegação. Eles podem forjar relacionamentos com os parceiros mais estranhos, até nós! Esta é a vida secreta do tubarão.
Conheça o Programa
livre
MATÉRIA DE CAPA

MATÉRIA DE CAPA 320 - ALERTA GLOBAL

MAIS DE UM MILHÃO DE ESPÉCIES DE ANIMAIS E VEGETAIS ESTÃO AMEAÇADAS DE EXTINÇÃO E MUITAS PODEM DESAPARECER JÁ NAS PRÓXIMAS DÉCADAS. EM NENHUM OUTRO MOMENTO NA HISTÓRIA, A AÇÃO DO HOMEM FOI TÃO PREJUDICIAL AO PLANETA. E ISTO PÕE EM RISCO A PRÓPRIA SOBREVIVÊNCIA DA HUMANIDADE, AO IMPEDIR O AVANÇO DE PROGRAMAS DESTINADOS A GARANTIR O FORNECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL, ALIMENTOS, A PRESERVAÇÃO DOS HABITATS NATURAIS E DOS OCEANOS. O ALERTA FOI LANÇADO POR DEZENAS DE CIENTISTAS, DE 50 PAÍSES, QUE ELABORARAM O MAIS AMPLO RELATÓRIO JÁ REALIZADO SOBRE O ESTADO DO PLANETA. PARA OS CIENTISTAS, A PERDA DA BIODIVERSIDADE NÃO É APENAS UM PROBLEMA AMBIENTAL. TRATA-SE DE UM DESAFIO ECONÔMICO, SOCIAL E MORAL, RELACIONADO COM O FUTURO DA TERRA E DE TODOS OS SEUS HABITANTES, SEJAM HUMANOS OU NÃO. NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA.
Conheça o Programa
livre
METROPOLIS

METRÓPOLIS 2019 - DOMINGO 368 - 02/06/2019

ELA ACABOU E VAI DEIXAR MUITA SAUDADE. É A SÉRIE "THE BIG BANG THEORY". O SUCESSO DOS FILMES DE SUPER-HERÓIS TRAZ UM NOVO PÚBLICO PARA OS QUADRINHOS, AS MULHERES. O BALÉ NACIONAL DA CHINA ESTÁ NO BRASIL PRA UMA SÉRIE DE ESPETÁCULOS. E NÓS ACOMPANHAMOS OS BASTIDORES DA MONTAGEM. MONARCO, DA VELHA GUARDA DA PORTELA, LANÇA NOVO ÁLBUM. OUTRO EXEMPLO DE LUCIDEZ E LONGEVIDADE, O ARTISTA VISUAL FERNANDO LEMOS TEM TRÊS EXPOSIÇÕES PROGRAMADAS EM PORTUGAL. E AQUI NO ESTÚDIO ALICE CAYMMI APRESENTA AS CANÇÕES DO ÁLBUM ELECTRA EM PRIMEIRÍSSIMA MÃO.
Conheça o Programa
livre
VITRINE BRASIL

VITRINE BRASIL - 06

OLÁ, UM CONVITE PARA NOITE DESTE DOMINGO: QUE TAL CONHECER UM DAS MAIS ANTIGAS E EMBLEMÁTICAS SALAS DE ESPETÁCULO DO BRASIL, QUE FICA RODEADA POR UMA FLORESTA? / UMA VISITA-GUIADA TE LEVA ÀS ENTRANHAS DO TEATRO AMAZONAS. BRASILEIRO COM NOME DE GRINGO. / TOCADOR DE PANDEIRO E RECO-RECO. / O HOMEM QUE MUDOU A BATIDA DO FORRÓ E DEU NOVA PERSONALIDADE AO SAMBA COMPLETARIA AGORA CEM ANOS. / O VITRINE BRASIL ESTÁ NO AR. / SE CHEGUE PRA OUVIR A HISTÓRIA DE JACKSON DO PANDEIRO. //
Conheça o Programa
livre
GENIUS I - EINSTEIN

GENIUS I - EINSTEIN - 06

Depois de mudar sua família para Berlim para estar mais perto de seu novo amor clandestino, Elsa, Albert parte para provar sua Teoria da Relatividade Geral. Ele pede a ajuda do astrônomo Erwin Freundlich para fotografar um eclipse solar na Rússia, o que dará provas definitivas de que seus cálculos estão corretos. A Academia Prussiana está relutante em financiar a expedição, devido em grande parte ao desacordo sobre os méritos da teoria entre as maiores mentes científicas da Alemanha. Albert é obrigado a garantir fundos de uma fonte improvável: Gustav Krupp, um industrialista de armas pesadas. O astrônomo leva sua equipe a leste da Rússia ... assim que a Primeira Guerra Mundial começa. Presa atrás das linhas inimigas, a expedição é capturada pelo exército russo e jogada em um campo de prisioneiros de guerra, suspeito de ser espião. Albert deve agora tentar garantir a libertação do astrônomo por qualquer meio necessário. Enquanto o novo relacionamento de Albert com Elsa floresce, um matemático sérvio chama a atenção de Mileva. Depois de desenvolver uma conexão íntima, Mileva rejeita os avanços sérvios por culpa, mas quando a notícia do caso do marido aparece, Mileva é apresentada a uma decisão moral difícil. Albert descobre que seu caso se tornou menos secreto do que ele e Elsa esperavam. Agora, com sua reputação em jogo, juntamente com a de suas filhas, Elsa pede um ultimato - divórcio Mileva, ou perdê-la para sempre. Mas quando Mileva se recusa, Albert tenta tornar sua vida doméstica o mais insuportável possível com seu próprio ultimo. À medida que o continente se envolve na guerra, a vida pessoal de Albert finalmente atinge seu ponto de ruptura.
Conheça o Programa
16
CAFÉ FILOSÓFICO 2019

A MÚSICA NA SEMANA DE 22

A música na Semana de 22 com Flávia Toni – doutora em artes Mario de Andrade ficou imensamente conhecido pela sua obra literária, mas contribuiu também com seu talento de músico para construir o movimento que culminaria na histórica Semana de Arte Moderna. Com o seu olhar de crítico e pesquisador, ajudou a lançar as bases para o que viria a ser chamado de música popular brasileira. Num mundo que vivia e a Primeira Grande Guerra, o jovem Mario de Andrade se vê diante das transformações sociais, morais e também tecnológicas que um conflito desses provoca e, depois de ter testemunhado o poder de destruição que uma guerra alcança, faz uma viagem de pesquisa musical para registrar e resguardar esse nosso patrimônio imaterial, um museu da nossa música, que nos permite não só conhecer, mas também reinventar o Brasil.
Conheça o Programa
14
INSPIRA.MOV BRASIL II

LIA RODRIGUES

6.LIA RODRIGUES - Uma das coreógrafas brasileiras mais respeitadas no exterior, Lia Rodrigues sempre tentou imbuir seu trabalho de um propósito social. Neste programa, ela conta que um dos pontos decisivos de sua trajetória aconteceu quando decidiu instalar sua companhia na favela da Maré, no Rio de Janeiro, e criar uma escola de dança para formar bailarinos na própria comunidade.
Conheça o Programa
livre
RETRATOS DE FÉ

TEMPORADA I - 06 - VALE DO AMANHECER

Retratos de Fé visita Planaltina no Distrito Federal, Santana do Parnaíba, em São Paulo, e Curitiba, no Paraná, na busca por compreender a Doutrina do Amanhecer. Criada em 1959 pela médium Tia Neiva, a doutrina tem elementos de várias outras religiões e foi trazida à médium pelo espírito de Francisco de Assis, conhecido no meio como “Pai Seta Branca”.
Conheça o Programa
livre
TRAJETÓRIAS

CELIA

livre
FIGURAS DA DANÇA 2014

ELIANA CAMINADA

Eliana Caminada começa sua carreira profissional como bailarina quando ingressa na década de 60 no Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Também dançou no Teatro Guaíra, na Companhia Brasileira de Ballet, no Grupo Raízes e na Companhia de Dança Rio. Caminada também desenvolveu trabalhos como coreógrafa, professora e pesquisadora. Deu aulas de balé clássico no Parque de Recreação Darcy Vargas, Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, Centro de Dança Rio, e entre outros, e como professora de disciplinas associadas à historicidade da dança na UniverCidade. Hoje é tida como referência na área.
Conheça o Programa
livre
MANOS E MINAS III

DJONGA

No palco do Manos e Minas, Djonga. Aos 24 anos, uma das grandes revelações do rap nacional e também um dos nomes mais influentes da cena. Djonga vem mostrar o repertório do seu novo trabalho “Ladrão”. O rapper mineiro vem sendo elogiado por músicos de vários estilos e conquistando públicos muito diferentes. Djonga conta como a paternidade influenciou suas novas composições; fala sobre as diferenças entre a vida na favela e no asfalto e sobre racismo, dois temas bastante presentes em suas letras. Representando a cena dos slams, diretamente da Bahia, Lara Nunes. Matérias: - dica de um dos livros de cabeceira da Joice Berth, que é arquiteta, escritora e ativista.
Conheça o Programa
livre
MATÉRIA DE CAPA

MATÉRIA DE CAPA 278 - DIÁRIO ESPACIAL

TENTE IMAGINAR O SEGUINTE: 500 SATÉLITES ESPALHADOS PELO ESPAÇO, CADA UM DELES EQUIPADO COM CÂMERAS DE ALTA DEFINIÇÃO, CAPTANDO, 24 HORAS POR DIA, TUDO QUE SE PASSA NA TERRA. O ALCANCE DESSAS CÂMERAS? DOIS CENTÍMETROS E MEIO. TEMPO DE CHEGADA DAS IMAGENS: 1 SEGUNDO. ISTO NÃO É FICÇÃO. ESTAMOS FALANDO DE UM PROJETO QUE JÁ CONTA COM O APOIO DE GRANDES INVESTIDORES MULTINACIONAIS. OBJETIVO DO EMPREENDIMENTO É MONITORAR TUDO QUE SE PASSA NA TERRA, DE DESASTRES NATURAIS À PESCA ILEGAL, A MIGRAÇÃO DAS BALEIAS E, CLARO, ATIVIDADES HUMANAS EM GERAL. A EXPLORAÇÃO ESPACIAL PODE SIGNIFICAR AVANÇOS TECNOLÓGICOS, ESPIONAGEM OU USO MILITAR. MAS HÁ QUEM OLHE PARA CIMA E ENXERGUE APENAS DINHEIRO. MUITO DINHEIRO. DAÍ OS NOVOS PROJETOS DESTINADOS A CAPTURAR ASTERÓIDES FORMADOS POR OURO, PRATA, PLATINA E OUTROS MINERAIS DE ALTO VALOR. JÁ EXISTEM EMPRESAS E ATÉ GOVERNOS APOSTANDO NISSO. NO MATÉRIA DE CAPA DESTA EDIÇÃO.
Conheça o Programa
livre
REPORTER ECO

REPÓRTER ECO 1284

NO REPÓRTER ECO DE HOJE VOCÊ ACOMPANHA UMA VIAGEM DA NOSSA EQUIPE AO INTERIOR DO PIAUÍ PARA REGISTRAR A BELEZA DO PARQUE NACIONAL SERRA DA CAPIVARA - O MAIOR DO MUNDO EM PINTURAS RUPESTRES FEITAS POR HOMENS PRÉ HISTÓRICOS. NO ENTORNO DO PARQUE, TEM TAMBÉM UMA VISITA AO MUSEU DA NATUREZA. E AINDA , UMA JOVEM ESTUDANTE INVENTA UM CANUDO FEITO À BASE DE INHAME. MARIA PENACHIN CRIOU UM PRODUTO BIODEGRADÁVEL E MALEÁVEL PARA SER UMA ALTERNATIVA AO CANUDO PLÁSTICO. EM MEIO À CAATINGA, ESTE PARQUE É CONSIDERADO PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE. ELE ABRIGA MAIS DE MIL E TREZENTOS SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS. E, UM DOS MUSEUS MAIS MODERNOS CONTA A HISTÓRIA DA VIDA NA TERRA , A PARTIR DAS GRANDES MUDANÇAS CLIMÁTICAS.
Conheça o Programa
n
DE OLHO NA EDUCAÇÃO

DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 11 BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR - 17/09/2018

NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO, NOSSO ASSUNTO É A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR./ UMA GRANDE MUDANÇA NAS ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS, QUE TODO MUNDO PRECISA ENTENDER.// NOSSA CONVIDADA É VALÉRIA DE SOUZA - DOUTOURA EM EDUCAÇÃO E ASSESSORA DE GABINETE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO.// ESPERAMOS VOCÊ CINCO PARA AS NOVE DA NOITE, LOGO DEPOIS DO HORÁRIO POLÍTICO./ ATÉ LÁ.//
Conheça o Programa
livre
DOC TV II

AS VILAS VOLANTES (CE)

Há quinze anos atrás li a dissertação de mestrado de um amigo que tinha o seguinte título: As vilas volantes, o verbo contra o vento. Tratava-se de uma tentativa de trazer para os estudos sociológicos uma escuta poética, através das narrativas orais. Cinco pequenas cidades do litoral norte cearense analisadas a partir da fabulação de seus habitantes. Desde então dou voltas em torno desse tema, tentando encontrar uma forma audiovisual possível. O termo vilas volantes apareceu na boca de um dos entrevistados, e faz referência a essas pequenas vilas que vão mudando de lugar, fugindo da ação dos ventos, que desloca dunas inteiras cobrindo casas, ruas e as vezes cidadelas inteiras. Isso já seria motivo de um trabalho amplo, mas nossa intenção é usar esse fenômeno como cenário para encontrarmos nossos personagens, os contadores de história, mestres da narrativa oral, que funcionam como mediadores e intérpretes da consciência e da memória coletiva, armazenada em pequenas histórias que tem a força daquelas sementes que mesmo depois de séculos, mantém intactas a capacidade de germinar. Esses habitantes desses minúsculos munícipios brasileiros, apartados das políticas públicas criam uma sociabilidade própria, constituida na pesca, no trabalho artesanal, no pequeno comércio nas relações de parantesco, numa comunidade de sentido compartilhada, matriz privilegiada para analisarmos o engendramento das narrativas orais.Esse trabalho propõe uma ensaio audiovisual, construindo imagens que funcionem como canais de acesso a uma experiência do imaginário sonoro e imagético que atravessa o universo dos contadores de história em torno de cinco pequenas vilas pesqueiras do litoral norte do estado.
Conheça o Programa
livre
LETRA LIVRE

LETRA LIVRE 14

Sinopse PGM 14 Convidados: Ana Miranda e Luiz Ruffato Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Ana: Você escreveu livros tendo escritores como personagens e livros com pesquisa histórica: a invenção puramente ficcional se esgotou? • Ruffato: A idéia de representar a formação do proletariado faz parte dessa preocupação em buscar lastro de realidade para a ficção? • Ana: Livros e filmes inspirados em fatos reais, documentários, relatos testemunhais fazem parte dessa tendência? Poeta Diógenes Moura para Ruffato [como fazer com que o texto emocione?] PERGUNTAS BLOCO 2 Historiadora e escritora Márcia Camargos p/ Ana Miranda: [escrever é erguer uma casa?] • Ruffato: Falando em “construção” Inferno provisório retoma a idéia dos grandes panoramas históricos (como ocorre em Balzac). Isso não é incompatível com realidade (e literatura) contemporâneas? • Ana: de que maneira, na ficção, a história pode falar sobre o presente? Como é seu processo de criação a partir da pesquisa histórica e biográfica? • P/ ambos: é possível identificar na sociedade de hoje um problema crucial que convoque o escritor a escrever ou a literatura é expressão de um imaginário pessoal? Diógenes Moura para Ruffato [futebol] PERGUNTAS BLOCO 3 Diógenes p/ Ana [controle das idéias] • Pergunta para ambos sobre poesia: Ruffato/As máscaras singulares; Ana estreou com livro de poesia • Vocês dois lidam com personagens distantes no tempo e espaço: como recriar a linguagem do outro, do diferente, de uma outra época e de realidades distantes ? • Ana: vc muda de estilo dependendo da época em que seus livros estão ambientados? Como é escrever sobre Augusto dos Anjos ou Clarice sem parodiá-los? PERGUNTAS BLOCO 4 Márcia p/ Ruffato: [origens mineiras] • Ana: Existe uma “literatura brasileira” ou em tempos de globalização isso é um mito ultrapassado? • Ruffato: vc organizou duas antologias, para a editora Record, com contos de “mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira”. Existe literatura feminina? • Ana: fazer mesma pergunta. • Uma pergunta que sempre faço aos convidados: nessa época de tantas mídias e linguagens diferentes, o que só a literatura pode dizer?
Conheça o Programa
livre