Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

A tão esperada semifinal do Prelúdio, programa que revela jovens talentos da música erudita no Brasil, tem início neste domingo (11/11). No total, serão exibidos quatro programas antes de sabermos quem será o grande vencedor. Na primeira etapa, apenas um candidato vai direto para a grande final, concorrendo a uma bolsa de estudos na Academia Franz Liszt, em Budapeste, oferecida pela Embaixada da Hungria. Com apresentação do maestro Júlio Medaglia e de Roberta Martinelli, o episódio inédito vai ao ar às 12h, na TV Cultura, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

Os candidatos que estão na semifinal já têm grande mérito e podem considerar-se vitoriosos. Mas, nessa fase, eles se esforçam em fazer suas melhores performances para garantir uma vaga na grande final que será realizada na Sala São Paulo. Neste domingo, se apresentam:

Rodrigo Cleto – Paulistano, ele tem 25 anos e está no 4º ano de graduação em percussão pela UNESP. Atualmente, é integrante da Banda Jovem do Estado de São Paulo, da Orquestra Jovem do Teatro São Pedro e ainda participa do grupo de percussão PIAP. Na semifinal, ele interpreta o segundo movimento do concerto para marimba e orquestra de cordas do compositor francês Emmanuel Séjournè.

Júlia Abdalla – Com apenas 10 anos de idade, ela já é apaixonada por flauta doce. Filha dos músicos Thiago e Gabriela Abdalla, Júlia participou da gravação do CD de canções brasileiras para a Secretaria do Estado de São Paulo aos 5 anos. Em 2015, aos 7, conquistou o segundo lugar no concurso Open Recorder Days Amsterdam. Aos 9, o primeiro lugar. Desenvolve um repertório que vai da música antiga à contemporânea, passando pelas correntes tanto populares como eruditas. Na eliminatória, ela interpreta a História do Tango, Café 1930 de Astor Piazzolla, num arranjo de Rodrigo Vitta.

Lucca Verdi Pires – O jovem pianista iniciou seus estudos de piano em 2017, aos 15 anos, na Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP – Tom Jobim). No mesmo ano, conquistou o segundo lugar no Concurso Latino Americano de Piano, realizado em Curitiba, além do terceiro lugar no Concurso Nacional de Piano Souza Lima, em São Paulo. Em 2018, participou da 3ª Oficina de Piano USP, tendo sido convidado a tocar no recital de encerramento do evento. Nesta etapa do Prelúdio, ele interpreta o terceiro movimento do concerto n° 12 para piano e orquestra de Mozart.

Juan Ardila-Blandón – Colombiano residente em João Pessoa, ele é o segundo clarinetista da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). Estudou no Conservatório Nacional de Música e trabalhou na Banda Sinfônica Profissional do Estado de Cundinamarca, na Colômbia. Posteriormente estudou na Longy School of Music of Bard College na cidade de Boston, onde foi clarinetista principal da Symphony Pro Musica. No programa, ele interpreta o terceiro movimento do concerto para clarinete e orquestra n°2 do compositor Carl Weber.

O corpo de jurados é formado pelo maestro Tullio Colacioppo; pelo jornalista e crítico musical Irineu Franco Perpétuo; pelo maestro Emiliano Patarra; e pelo maestro e violinista Sergei Eleazar de Carvalho.