Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

“Importantíssima”, “histórica” e “representativa” foram apenas alguns dos adjetivos utilizados pelos artistas convidados para descrever a trajetória do Manos e Minas. Há uma década abrindo espaço para a cultura hip hop, o programa apresentado pela cantora, atriz e slammer Roberta Estrela D’Alva comemora seu aniversário em uma edição especial, que conta com apresentações de 11 artistas, como Elza Soares, Karol Conka, Negra Li, MV Bill & Kmila CDD, Dexter, GOG, SNJ e Black Alien, além da participação dos ex-apresentadores Anelis Assumpção e Max B.O. A atração inédita vai ao ar às 19h30, na TV Cultura, no YouTube e no app Cultura Digital.

Para abrir o programa, a apresentadora Roberta Estrela D’Alva recita um slam de sua autoria, no qual afirma: “utilizo a arte como uma espada para vencer a opressão”. E dando início às atrações da noite, Elza Soares interpreta um dos maiores sucessos de sua carreira, A Carne. Entre suas performances, ela discursa sobre a necessidade de igualdade e respeito nos tempos atuais: “a gente luta contra a homofobia, contra o preconceito. A gente briga pela mulher que sofre maus tratos. A gente luta pela raça negra”.

A seguir, Negra Li apresenta a música Você Vai Estar na Minha, releitura da canção Eu Sei, de Marisa Monte. Em entrevista, ela reflete sobre a presença do Manos na carreira de diversos artistas: “o programa não fez só parte da minha história, como também da maioria dos nomes do rap nacional”. A edição também conta com a participação de dois DJs: o residente da casa, Erick Jay, e KL Jay. Juntos, eles apresentam um set de mais de 10 minutos, seguido de uma apresentação do rapper GOG, que, ao lado do cantor Victor Vitrola, interpreta Carta à Mãe África, música que fala sobre a importância da mulher como um pilar da sociedade brasileira.

A atração ainda conta com a carismática figura de Karol Conka, que canta sua versão da música Cabeça de Nego, do Sabotage. Em entrevista, a cantora fala sobre a importância do Manos e Minas na sua trajetória musical: “o programa, para mim, representa muito. Antes mesmo de eu começar a minha carreira, sempre que estava buscando referências da cena urbana, eu assistia ao Manos na televisão”. Além de Karol, a edição também recebe MV Bill & Kmila CDD, Dexter, Black Alien, SNJ, Max B.O. e Anelis Assumpção.