Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

20180905174252_momentopapodemae-robertaemariana-adrianesanseverino-1.png

A trombofilia é uma condição comum na gravidez que aumenta o risco de aborto do feto, mas é algo que pode ser tratado porém, por falta de informação, muitas mãe brasileiras deixam de fazer os exames pré-natal para assim diagnosticar e tratar a doença. Como uma tentativa de conscientizar essas mães, o Momento Papo de Mãe recebeu a empresária Shantal Verdelho e o obstetra Rodrigo Rosa, que comentaram sobre as suas experiências com essa condição. Apresentado por Mariana Kotscho e Roberta Manreza, o programa vai ao ar às 11h45 e às 17h45, na TV Cultura, no aplicativo Cultura Digital e no YouTube.

No programa, Shantal Verdeiro conta que na sua primeira gravidez ela perdeu o bebê em decorrência da doença e que agora que está grávida novamente, ela fez os exames pré-natal logo no começo e que isso a ajudou a diagnosticar o problema e iniciar o tratamento, ‘Eu não fiquei assustada porque quando descobri, logo perguntei para o médico se tinha risco e ele me contou que com o tratamento eu não teria com o que me preocupar’, conta a blogueira.

O médico Rodrigo Rosa está sendo o responsável pelo acompanhamento de Shantal nesta segunda gravidez e reforça a importância do exame pré-natal para mulheres grávidas. ‘A segunda maior causa de aborto e de aborto por repetição no Brasil é a trombofilia. Por isso, infelizmente, muitas mulheres só buscam fazer os exames após o segundo aborto.’ Shantal também compartilhou com Mariana e Roberta a sua vontade de fazer parto normal, e o seu alívio ao descobrir que sua condição não a impede de alcançar este sonho, além de abrir um pouco a forma que a sua profissão como blogueira mudou desde que ela engravidou.