Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

São Paulo, 24 de agosto de 2018 – O Metrópolis deste domingo (26/8) está recheado de nomes importantes da música e do teatro brasileiro. Fernanda Takai, Roberto Menescal e Mônica Martelli são os entrevistados desta edição. Além disso, o programa também conta com uma cobertura especial do show do Tribalistas, que ocorreu em São Paulo. Apresentada por Adriana Couto e Cunha Jr., a atração inédita vai ao ar às 19h30, na TV Cultura, no YouTube e no aplicativo Cultura Digital.

O Metrópolis marcou presença no show dos Tribalistas, que ocorreu na última semana no Allianz Parque, em São Paulo. A apresentação do trio formado por Marisa Monte, Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes faz parte da primeira turnê do grupo desde o lançamento do disco de estreia, em 2002. Um dos destaques do evento foi o trabalho do diretor de arte Batman Zavareze, entrevistado pelo programa, que mistura em grandes telões projeções com grafismos, filmes e documentários nacionais, além de imagens pessoais dos artistas.

A atração deste domingo também recebe a cantora e compositora Fernanda Takai e o músico Roberto Menescau, que vêm ao estúdio do programa para falar sobre o disco O Tom da Takai, em que a artista empresta sua voz a canções do maestro Tom Jobim. A homenagem, que comemora os 60 anos da Bossa Nova, teve produção do próprio Roberto Menescal ao lado de Marcos Valle.

A atriz e apresentadora Mônica Martelli também está nesta edição do Metrópolis. A artista conversa com Adriana Couto sobre o novo espetáculo Minha Vida em Marte, uma continuação da produção Os Homens São de Marte... E É Pra Lá que Eu Vou. Desta vez, os dilemas da comediante são resultantes de uma crise no casamento. A peça, que está no Teatro Procópio Ferreira, na capital paulista, fica em cartaz até 22 de dezembro.