Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

O Especial 40 Anos de Cultura FM e o programa TERRADOIS, da TV Cultura, conquistaram o Prêmio APCA 2017, concedido pela Associação Paulista dos Críticos de Arte. Na última segunda-feira (4/6), as produções receberam os troféus na cerimônia que aconteceu no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo.

Nas categorias de Rádio, o Especial 40 Anos de Cultura FM foi agraciado com o Grande Prêmio da Crítica. Realizado na Sala São Paulo, o concerto foi transmitido pela rádio, pela TV Cultura e pelas redes sociais. O evento celebrou as quatro décadas de atividade da única emissora de São Paulo com programação dedicada à música erudita. Para Alexandre Tondella, gerente das rádios Cultura FM e Cultura Brasil na Fundação Padre Anchieta, esse reconhecimento é de extrema preciosidade: “2017 foi um ano muito importante para a emissora, uma vez que significou o aniversário de 40 anos da Cultura FM. APCA é um prêmio reconhecidamente isento e, ao mesmo tempo, vindo da crítica. Nós já percebemos o amor e o carinho do público pela rádio, somos referência. Conquistarmos esse prêmio também pela crítica nos dá o sentimento de dever cumprido. Tanto a Fundação cumpre seu papel, como nós, produtores e realizadores”.

Já a série TERRADOIS conquistou a categoria Melhor Programa de Televisão. A atração – que estava concorrendo ao lado de Bipolar Show, do Canal Brasil, e Papo de Segunda, do GNT – se diferencia na grade nacional ao apresentar um formato inédito, que mescla reflexão e dramaturgia. Nele, a atriz Bete Coelho e o psicanalista Jorge Forbes discutem temas e inquietações do mundo pós-moderno, como as novas relações de afeto, das profissões e do mundo digital.

Na primeira temporada, Forbes dividiu o comando do programa com a atriz Maria Fernanda Cândido. Segundo o apresentador, “TERRADOIS foi criado com o objetivo de fazer as pessoas se assenhorarem, tomarem posse de um novo tempo, de uma nova Terra, parando de se assustar com as imensas modificações no nosso modo de viver”. O psicanalista também reforça: “vivemos um novo renascimento, uma importante oportunidade de criarmos maneiras mais satisfatórias do laço social humano. Afora o belíssimo programa realizado por uma excelente equipe da TV Cultura, dá prazer constatar que os membros da APCA foram igualmente sensíveis ao programa e ao tema”.

Marcos Amazonas, criador do programa, conta um pouco sobre a importância do reconhecimento da crítica para a atração: “esse foi um trabalho coletivo, de muito suor. Um trabalho que levou meses de preparação antes de ir ao ar. Todo esse processo, que levou seis meses, gerou o programa. O Prêmio da APCA é um reconhecimento e uma alegria de sentir que o esforço e a dedicação para fazer um trabalho aparentemente árido conquistou sucesso, reconhecimento. É uma alegria para toda a equipe, para todo mundo que se dedicou durante muito tempo para colocá-lo no ar”.

Confira abaixo a lista completa de vencedores:

Arquitetura

Obra de arquitetura em São Paulo: Instituto Moreira Salles (nova sede na Avenida Paulista)

Urbanidade: Sesc 24 de maio

Obra de arquitetura no Brasil: Moradias de estudantes na Fazenda Canuanã

Obras referenciais: Alberto Xavier

Fronteiras da Arquitetura: Guto Lacaz

Resistência Urbana: Bixiga

Difusão Cultural: Vicente Wissenbach


Artes Visuais

Grande Prêmio da Crítica: Vlavianos (Estação Pinacoteca)

Exposição Internacional : Julio Le Parc - Da Forma à Ação (Instituto Tomie Ohtake)

Exposição Nacional: Anita Malfatti -100 Anos de Arte Moderna (MAM)

Fotografia: Mauro Restiffe – Álbum (Pinacoteca)

Retrospectiva: Di Cavalcanti – Do Subúrbio dA Modernidade – 120 anos (Pinacoteca)

Arte e Reflexão: Amélia Toledo – Lembrei que Esqueci (CCBB)

Iniciativa Cultural: Sesc 24 de Maio


Cinema

Filme: Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano

Diretor: João Moreira Salles, por No Intenso Agora

Roteiro: Fellipe Barbosa, Lucas Paraizo E Kirill Mikhanovsky por Gabriel E A Montanha

Ator: Vladimir Brichta, por Bingo

Atriz: Clarice Abujamra, por Como Nossos Pais

Documentário: Martírio, de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tatiana Almeida

Premio Especial Do Júri: Era O Hotel Cambridge, de Eliane Caffé (pelo processo de criação)


Dança

Espetáculo/Estreia: "Gira", Grupo Corpo

Espetáculo /Não Estreia: "Kuarup ou A Questão do Índio", Ballet Stagium

Coreografia/Criação: "Eu Por Detrás de Mim", concepção coreográfica de Ana Bottosso, Companhia de Danças de Diadema

Interpretação: Ana Paula Camargo e André Grippi, São Paulo Companhia de Dança, por "14' 20""

Prêmio Técnico: Hideki Matsuka, pela Direção de Arte dos Trabalhos de 2017 de Key Zetta e Cia.

Projeto/Programa/Difusão/Memória: VIII Circuito Vozes do Corpo, Cia Sansocroma

Grande Prêmio da Crítica: Maria Helena Mazzetti e Aracy Evans, pela trajetória de formação em dança em São Paulo


Literatura

Grande Prêmio da Crítica: Editora Zahar, pelos 60 anos de publicações pioneiras e relevantes no campo das ciências humanas

Romance/Novela: Nunca houve tanto fim como agora, Evandro Affonso Ferreira. Editora: Record

Ensaio/Teoria e/ou Crítica Literária/ Reportagem: Raízes do conservadorismo brasileiro, Juremir Machado da Silva. Editora: Civilização Brasileira

Infantil/Juvenil: Calu: uma menina cheia de história, Cássia Valle e Luciana Palmeira, com ilustrações de Maria Chantal. Editora: Malê

Poesia: Dia bonito para chover, Lívia Natália. Editora: Malê

Contos/Crônicas: Anjo Noturno, Sérgio Sant’Anna. Editora: Companhia das Letras

Tradução: Guilherme Gontijo Flores, por Fragmentos completos, de Safo. Editora: 34

Biografia/Autobiografia/Memória: Lima Barreto: Triste visionário, Lilia Moritz Schwarcz. Editora: Companhia das Letras


Música Erudita

Espetáculo de ópera: Os Pescadores de Pérolas (out/17 Theatro Municipal)

Prêmio Especial pelo conjunto da obra: João Guilherme Ripper

Instrumentista: Cristian Budu (piano)

Regente de Orquestra: Jamil Maluf

Projeto Musical: Instituto Piano Brasileiro

Cantora Lírica: Denise de Freitas

Revelação: Camila Titinger


Música Popular

Grande Prêmio da Crítica: João Gilberto

Artista do Ano: Rincon Sapiência

Melhor Álbum: “Boca”, Curumin

Melhor Show: Mano Brown (“Boogie Naipe” ao vivo)

Revelação: Pabllo Vittar

Projeto Especial: Selo Discobertas (Acervo)

Música do Ano: “As Caravanas”, Chico Buarque


Rádio

Grande Prêmio da Crítica: Especial 40 anos de Cultura FM (transmissão ao vivo pela rádio, pela TV aberta e pelas redes sociais)

Prêmio Especial do Júri: “Música do Bem” (Nova Brasil FM), campanha pela doação de sangue

Produtor (Musical): Oswaldo Luiz “Colibri” Vitta, Hora do Rango, Rádio Brasil Atual

Produtor (entretenimento): Antonio Viviani e Nicolla Lauletta, Voz Off (www.radiofobia.com.br)

Produtor jornalístico: Heloísa Granito, Via Sampa – USP FM

Melhor apresentação: Eli Corrêa, “Que Saudade de Você”, Rádio Capital AM

Homenagem especial: Joseval Peixoto (Rádio Jovem Pan)


Teatro

Grande Prêmio da Crítica: Projeto O Rei da Vela – 50 anos depois

Espetáculo: Suassuna (O Auto do Reino do Sol)

Diretor: Bia Lessa (Grande Sertão: Veredas)

Autor/Dramaturgia: Rudifran Pompeu (Siete Grande Hotel: A Sociedade de Portas Fechadas)

Ator: Renato Borghi (O Rei da Vela)

Atriz: Andreia Beltrão (Antígona, direção de Amir Haddad)

Prêmio Especial: Teatro de Contêiner Munguzá (Projeto de ocupação de terreno abandonado no bairro da luz)


Teatro Infanto-Juvenil

Cristiane Paoli-Quito: Pela direção e dramaturgia nos espetáculos Skellig e Histórias de Alexandre.

Fernanda Maia: Pela dramaturgia, letras e direção musical em Lembro Todo Dia de Você. Pela direção musical e preparação vocal em Senhor das Moscas e Romeu e Julieta - De almas sinceras a união sincera nada há que impeça. Pela direção musical, trilha sonora e arranjos em Nerina, A Ovelha Negra. Pela dramaturgia, co-direção artística e direção musical em Carrossel – O Musical. Pela adaptação, direção musical e direção artística de Sonhos Não Envelhecem. Pela direção musical de ‘Mil Mulheres e Uma Noite’, primeiro espetáculo adulto de As Meninas do Conto.

Fernando Escrich: Pela concepção, cenografia, direção musical, arranjos, atuação e co-direção artística em Canções para Pequenos Ouvidos, da Orquestra Modesta; pela trilha sonora original e direção musical em Henriques; pela direção artística e trilha sonora original em As Travessuras de Mané Gostoso; pela assistência de direção e preparação de atores em Alice no País do Iê-Iê-Iê; pela direção geral e musical do espetáculo-cortejo Rio do Samba ao Funk, com o grupo Bando de Palhaços (RJ).

Gustavo Kurlat: Pela Idealização, Direção, Músicas, Co-Roteiro e direção musical do espetáculo Numvaiduê, dos doutores de alegria, e pela dramaturgia, música e direção de Vou-Eu.

Marcelo Romagnoli: Pela direção e dramaturgia nos espetáculos Gagá e Buda.

Marco Lima: Pelos figurinos e direção de arte em Pescadora de Ilusão, pela cenografia, figurino e colaboração dramatúrgica em Alice no País do Iê Iê Iê e pela cenografia e figurino dos espetáculos de dança para crianças Vila Tarsila, Lúdico, Girassóis e Poetas da Cor, da Cia. Druw.

Marisa Bentivegna: Pela iluminação e cenografia em Skellig, Gagá e Buda, e pelo desenho de luz de Nerina – A Ovelha Negra.

Menção Honrosa: Para o coletivo Galpão dos Lobos, formado pelos grupos Cia. Circo de Bonecos, Cia. Conto em Cantos, Cia. Faz e Conta, Maracujá Laboratório de Artes e Cia. Noz de Teatro, Dança e Animação, pelo espaço de formação e resistência inaugurado no bairro do Ipiranga em 2017, voltado para “o teatro para todas as idades”.


Televisão

Novela: A Força do Querer (Glória Perez/TV Globo)

Atriz: Juliana Paes (Dois Irmãos e A Força do Querer/TV Globo)

Ator: Julio Andrade (Um Contra Todos/Fox e Sob Pressão/TV Globo)

Diretor: Luiz Fernando Carvalho (Dois Irmãos/TV Globo)

Série: Sob Pressão (Conspiração/TV Globo)

Programa: TERRADOIS (TV Cultura)

Apresentador/a: Tatá Werneck (Lady Night/Multishow)