Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

É comum que a criança não queira ir à escola para não se separar dos pais e dos atrativos que sua casa oferece. Todavia, alguns comportamentos podem indicar que algo está errado em sua relação com o centro de educação que frequenta. De acordo com a psicóloga e mestra em educação Beatriz Ferraz, estabelecer um diálogo com a escola e seus profissionais é essencial.

Além dela, a psicóloga Cintia Aleixo tira dúvidas de mães sobre o tema no Momento com o Especialista desta semana.


Tenho um filho de quatro anos. É uma criança saudável, porém, ele não gosta de ir à escola e todo dia é uma luta. Já conversamos, fizemos promessas. Mas, enfim, ele vai chorando e segurando nas coisas para não ir. Será que isso é uma fase e vai passar? Ou significa que ele não gosta de ir para a escola? Estou preocupada.

- Keila Pereira

Resposta: Essa é um ótima pergunta, porque é difícil de a gente lidar com a angústia dos nossos filhos por não quererem ir à escola. Isso faz parte, mas é importante irmos atrás e saber o que está acontecendo. O diálogo com a escola é muito importante, ela tem que ser sua parceira para ajudar o seu filho a querer estar lá. Então, vamos entender: será que é o momento da chegada, ele não está se sentido muito acolhido? Será que existe algum objeto que o ajude a fazer essa transição? Será que você também precisa estar mais tranquila em relação a isso? O que pode ser feito no momento em que ele chega na escola, para que ele consiga se despedir sem ficar tão nervoso? É difícil mesmo, mas tem solução!

- Beatriz Ferraz


Olá! Minha filha de três anos e oito meses frequenta a creche municipal desde o primeiro ano. Fico preocupada porque ela chora muito para ir e, ao deixa-lá, continua chorando e me chamando. Isso me dá uma sensação de abandono. O horário da creche é das 7h às 16h30. É um período muito extenso para as crianças?

- Cláudia Costa

Resposta: Geralmente, as creches têm esse período mesmo. Talvez você trabalhe fora e, por conta disso, foi preciso deixá-la na creche. Eu entendo a sua dificuldade, a sua tristeza, inclusive chateação, mas a dica que eu posso te dar é de você ir até a creche e entender o que possivelmente possa estar fazendo a sua filha não se sentir confortável. É um período tão longo que ela passa lá, então, vale a pena dar uma conferida.

- Cintia Aleixo

Entenda mais a importância da parceria entre família e escola na educação infantil em edição do programa Momento Papo de Mãe.

Envie você também a sua pergunta pelo e-mail: momento@papodemae.com.br.