Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

Não é tão simples saber se é possível passar pelo parto natural depois de ter tido filhos por meio da cesárea. Pesquisas apontam que em 70% dos casos o nascimento da criança via vaginal ocorre sem complicações. Todavia, essa decisão deve ser tomada pelo médico, já que ela depende de diversos fatores de risco. O ginecologista Vamberto Maia comenta a questão no Momento com o Especialista desta quarta-feira.


Pergunta: Queria saber se depois de dois partos cesáreas, é possível um parto normal no terceiro.

- Elenilde

Resposta: Essa é uma pergunta bastante complexa. Em obstetrícia, temos indicações absolutas (sem questionamentos) e relativas para realizar uma cesariana. Por diversos motivos, hoje o número de indicações para esse tipo de parto tem aumentado e, algumas vezes, deparamo-nos com uma paciente que realizou cesarianas e está em trabalho de parto espontâneo.

Quando o histórico indica apenas uma cesariana prévia (sem complicações cirúrgicas), um segundo parto pode ser via vaginal. Contudo, apesar de ser possível um parto vaginal após duas cesáreas, os riscos maternos são bem maiores (por exemplo, a chance de ruptura uterina é cinco vezes maior devido à fragilidade do útero).

Cabe uma decisão médica baseada em dados dos partos anteriores para indicação do parto vaginal ou não. Os trabalhos mostram que, em até 70% desses casos, o parto normal ocorre sem complicações. Cabe avaliar cada situação de forma individual.

Acompanhe mais da discussão sobre a questão parto normal ou cesárea? em uma das edições do programa Momento Papo de Mãe.

Envie você também a sua pergunta pelo e-mail: momento@papodemãe.com.br.