Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 11.544 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Acontece

Algumas crianças têm o hábito de fazer escândalos, independentemente do lugar onde estejam. Por acontecer muitas vezes em ambientes públicos, esse tipo de comportamento constrange não apenas os pais, mas todos aqueles que estão ao redor da situação. E nessas horas, muitos se perguntam: o que fazer? Pois bem, ter que lidar com as birras infantis não é nada fácil – mas é inevitável. Para auxiliar e sanar as dúvidas de quem passa por isso, a psicóloga Renata Yamasaki responde a algumas perguntas realizadas por mães que acompanham o programa.


Pergunta: Minha filha tem 3 anos e 6 meses e está em uma fase terrível, de chorar por tudo. Quando quer algo chora, quando não quer chora e se eu falar um pouco mais alto, ela chora. Não sei mais o que fazer. Isso é normal?

– Patrícia

Resposta: Com 3 anos e 6 meses a criança já consegue compreender e falar o que quer. Chorar para tudo já não é tão normal quanto para uma criança de 1 ano e meio, por exemplo. Dessa forma, procure conversar bastante, explique algumas vezes e coloque regras e limites. Abaixe-se e fale sempre na altura dos olhos da criança, com voz baixa e calma. Se o choro continuar, estabeleça algumas circunstâncias, caso não respeite as regras.


Pergunta: Tenho um menino de 3 anos que não quer dividir nada com ninguém e tudo tem que ser do jeito dele, na hora dele. O que eu faço?

– Aguida

Resposta: Nesta idade isso é normal, mas como bons pais, temos que ensinar a importância de compartilhar os objetos.

Pergunta: Gostaria de saber como posso acabar com as birras pra dormir da minha filha! Ela já tem 4 meses e meio.

– Thaís

Resposta: Estabeleça sempre uma rotina antes de dormir. Uns 10 minutos antes, já vai avisando que está chegando a hora de dormir. Ao término dos 10 minutos, leve-a para o quarto dela. Conte uma história ou relaxe com uma música e faça uma oração. Depois deixe uma luz acesa. Pode ser do abajur ou do corredor, e diga a ela que agora é hora de dormir. Saia do quarto e espere ela chorar. Volte no quarto e repita o combinado. Não fique no quarto esperando-a dormir, pois isso não terá mais fim. Quando ela adormecer e acordar no meio da noite para ir até o seu quarto, retorne com ela para o quarto e repita o combinado. No início é bem difícil, mas em 1 mês de treino tudo voltará ao normal. Seja persistente!


Pergunta: Minha filha tem 1 ano e 4 meses, é muito pirracenta e, quando ela faz pirraça, ela bate a cabeça na parede, o rosto no sofá ou a testa no chão. Isso é normal? Como devo agir quando ela faz isso?

– Bruna

Resposta: Birra é normal. Porém, bater a cabeça na parede e no sofá não é! Creio que isso é para chamar atenção e fazer o que ela quer. Cuidado: isso não pode virar um hábito. Ela não consegue lidar bem com frustrações. Quando ela começar a fazer esse tipo de birra, toque nela com calma, segure ela firme (mas com amor) e diga que esse não é o caminho. E não ceda fazendo o que ela quer. Se isso continuar, leve-a em um psicólogo ou faça orientação de pais.


Pergunta: Eu tenho uma filha de 3 aninhos e ela está com muito ciúmes da prima que nasceu recentemente. Ela deu pra se jogar no chão, e quando tem alguém por perto, às vezes pessoas que ela nem conhece, ela corre e fala “ai moça, a mamãe está brigando comigo!”. Eu fico sem saber o que fazer.

– Pâmella

Resposta: Ciúmes é natural. Com o tempo vai passar. Ela está se sentindo trocada, abandonada. Não que você mãe esteja fazendo isso! Então, fique perto dela neste momento. Explique que a priminha não vai tirar o lugar dela, que você a ama da mesma forma. Quando ela disser para os outros que a mamãe está brigando: não se preocupe, é apenas uma fase. Explique que a mamãe fica triste com o comportamento dela, pois ela está mentindo para os outros sobre o comportamento da mamãe.

Também tem dúvidas? Mande para o e-mail momento@papodemae.com.br.
Imagens: divulgação.